Confetam e entidades entregam Manifesto Nacional contra a Reforma Administrativa ao presidente da Câmara

04/08/2021 - 12:17

Documento que defende a derrota da PEC 32 foi aprovado por cerca de dois mil participantes do Encontro Nacional dos Trabalhadores do Setor Público, realizado pelas centrais na última sexta-feira (30)

A presidenta da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam/CUT), Jucélia Vargas, integra a comissão de representantes de servidores das três esferas de governo que entrega esta tarde, em Brasília, o Manifesto dos Trabalhadores do Setor Público ao presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira. Protocolado na Casa nesta terça-feira (3), o documento defende a derrota da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) nº 32/20, a chamada Reforma Administrativa, também conhecida como “PEC da Rachadinha”.

Aprovado na última sexta-feira (30), durante a Plenária Nacional de Organização do Plano de Mobilização contra a PEC 32, o manifesto será entregue a Arthur Lira pelo secretário-geral da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef), Sérgio Ronaldo, que falará em nome da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

A comitiva deveria ter sido recebida por Arthur Lira na terça-feira (3), dia em que representantes de servidores municipais, estaduais e federais de todo Brasil fizeram uma passeata pela Esplanada dos Ministérios até o Congresso Nacional para exigir o cancelamento da Reforma Administrativa. No entanto, a agenda da Presidência foi remarcada para esta quarta (4).

Leia o Manifesto:

O presente Encontro Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Setor Público é fruto do esforço de construção e de um amplo processo de unidade das centrais sindicais CUT, CSP-CONLUTAS, CTB, PÚBLICA, CGTB, UGT, Força Sindical, Intersindical Central da classe trabalhadora, NCST – Nova Central, CSB, Intersindical - Instrumento de luta e organização da classe trabalhadora, além de outras entidades representativas do movimento de trabalhadores e trabalhadoras como FONASEFE, Movimento BASTA, UPB – União dos Policiais do Brasil, e também da Frente Parlamentar Mista do Serviço Público.

Os resultados desse evento, estampados neste documento, apontam o caminho para o combate à política criminosa e destruidora dos serviços e dos servidores públicos estabelecida na Proposta de Emenda Constitucional 32, que impõe um duro golpe às políticas sociais de saúde, educação, segurança, dentre várias outras, e a extinção dos regimes jurídicos únicos nas esferas dos municípios, estados e União, vilipendiando de forma perversa os preceitos constitucionais da Carta Magna de 1988.

Esse encontro aponta o caminho da luta e da resistência e chama o povo brasileiro a somar-se nessa cruzada para evitar um duro golpe nas conquistas e direitos sociais de nosso povo consignados nessa terrível reforma administrativa.

A derrota da PEC 32 é a vitória do povo trabalhador brasileiro. Esse é o nosso propósito e essas são nossas tarefas!

Agenda:

Entrega do Manifesto dos Trabalhadores do Setor Público ao presidente da Câmara

Hoje, quarta-feira, dia 4 de agosto, às 13 horas

Gabinete da Presidência da Câmara dos Deputados – Brasília/DF