Novo processo de terceirizações prejudica ainda mais auxiliares de limpeza de SBC

19/12/2017 - 10:51

Sindicato vai tomar todas as medidas jurídicas e políticas para garantir os direitos dos servidores municipais de São Bernardo do Campo (SP).

A "gestão" municipal de São Bernardo do Campo (SP) decidiu ampliar a terceirização da limpeza na Educação e trocou a empresa que presta este serviço. Com isso, novas escolas terão o serviço terceirizado, o que poderá prejudicar os Auxiliares de Limpeza concursados.

"Nossa grande preocupação é em relação aos trabalhadores e às trabalhadoras da PMSBC que atuam nas escolas, alguns há mais de 10 anos, que poderão ser realocados para locais muito distantes, prejudicando estes profissionais e afetando inclusive no processo pedagógico, com a quebra de vínculo com a escola e com a comunidade", explica Luciana Rocha, diretora do Sindicato dos Servidores Municipais (Sindserv).

Já o presidente José Rubem ressalta, com tristeza, os reflexos da perda de direitos da classe trabalhadora. "Nós lutamos muito contra a aprovação da Lei das Terceirizações. Junto à CUT, realizamos inúmeras manifestações e nosso Sindicato, inclusive, tem uma ação judicial contra este verdadeiro crime contra os cofres públicos. Agora, não nos surpreendemos com esta prática do atual prefeito, que apoiou tanto esta lei, quanto o desmonte dos direitos trabalhistas". O presidente afirmou ainda que o Sindicato vai colocar toda a estrutura na defesa dos trabalhadores.