CMEIs de Curitiba paralisam em protesto contra o fechamento de turmas de Pré em período integral

28/11/2018 - 11:53

Nesta quinta (29), municipais se mobilizam pela valorização da educação infantil no Paraná

Os 218 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) de Curitiba (PR) farão uma paralisação de 50 minutos na quinta-feira, 29 de novembro. A paralisação é pela valorização da educação infantil e em manifestação contra os ataques colocados pela administração do prefeito Rafael Greca.

No início de novembro a administração anunciou o fechamento das turmas de Pré em período integral em seis CMEIs e o remanejamento dos profissionais que tem construído durante anos a história desses locais, além de construírem uma relação pedagógica com as crianças que é de extrema importância para o desenvolvimento infantil.

Em mesa de negociação entre o Sindicato dos Servidores Municipais de Curitina (Sismuc) e a secretária municipal de Educação, Maria Sílvia Bacila, ela negou que houvesse problemas nos CMEIs e alegou que as turmas de período integral estão sendo fechadas nos equipamentos Vila Verde, Vila Macedo, Lala Schneider, Jardim Saturno, Cinderela e Nice Braga para criarem novas vagas, sem considerar o prejuízo para as famílias que necessitam do período integral para os filhos. O posicionamento da secretária mostra que a administração municipal tem se afastado cada vez mais dos servidores, e não conhece a realidade dos locais de trabalho que cada vez tem mais profissionais adoecidos e sobrecarregados.

Os diretores do SISMUC estão visitando todos os CMEIs para entrega de material e para conversar com os servidores sobre a importância da mobilização.

Junte-se a nós nesta luta e apoie os professores para que a educação infantil não retroceda.

Veja Mais: