Líder do PT na Câmara dos Deputados prestigia I Reunião da Resistência Socialista no Ceará

12/03/2019 - 17:27

Deputado Paulo Pimenta esteve em Fortaleza para discutir a organização da nova tendência do partido no estado. I Reunião Nacional será em abril, com a presença de Fernando Haddad.

Liderada pela secretária nacional de Relações do Trabalho da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Graça Costa, a Resistência Socialista (RS), nova corrente política do Partido dos Trabalhadores (PT), realizou em Fortaleza a I Reunião Estadual da RS, na manhã desta segunda-feira (11). 

Prestigiada pelo líder do PT na Câmara dos Deputados, Paulo Pimenta, o encontro contou com a participação de lideranças de mais de 20 cidades, entre elas a presidenta da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam/CUT), Vilani Oliveira. Professora da rede pública de Maracanaú e dirigente do sindicato da categoria no município, Vilani é uma das principais articuladoras da RS.

Lula Livre

Na Casa Vermelha, onde funciona um Comitê Lula Livre, Graça Costa recebeu os participantes e apresentou o deputado federal Paulo Pimenta, um dos principais interlocutores do ex-presidente Lula, mantido como preso político na Polícia Federal de Curitiba (PR) desde o dia 7 de abril do ano passado. 

Após fazer uma análise preocupante da atual conjuntura política do país, o parlamentar defendeu o enfrentamento à Proposta de Emenda Constitucional (PEC) da Reforma da Previdência e deixou claro não existir qualquer possibilidade de o PT abrir negociação sobre o tema.

Perfume em porco

“O PT não tem de melhorar ou fazer sugestões à reforma da previdência. Não adianta passar perfume em porco, dar uma melhoradinha aqui, tirar ou botar dois anos ali. Temos de derrotar essa reforma!”, defendeu.  De autoria do governo Bolsonaro, a PEC aguarda a instalação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, prevista para esta quarta-feira (13), para iniciar as discussões sobre a admissibilidade da matéria. 

À tarde, o deputado integrou a mesa de debates da audiência pública realizada na Assembleia Legislativa para discutir os prejuízos da reforma previdenciária. A atividade contou com as presenças do ex-ministro da Previdência dos governos Lula e Dilma, Carlos Gabas, e de representantes dos movimentos sindical, social e popular, que lotaram o auditório da Casa. 

Unidade partidária

No fim da tarde, Graça Costa, Paulo Pimenta e demais integrantes da RS foram recebidos pelo deputado estadual Acrísio Sena (PT) para uma roda de conversa sobre unidade partidária. 

Nos dias 13, 14 e 15 de abril, em Brasília, a RS realizará a I Reunião Nacional do agrupamento. “Será um encontro de formação e debate teórico, para pensarmos o que é ser de esquerda hoje no Brasil”, explica Pimenta, líder nacional da nova tendência petista. 

Reunião Nacional com Haddad

Já confirmaram presença no evento Fernando Haddad, ex-prefeito de São Paulo e ex-ministro da Educação de Lula e Dilma, e Tarso Genro, ex-prefeito de Porto Alegre e ex-ministro da Educação, das Relações Institucionais e da Justiça do governo Lula. 

Também serão convidados integrantes da Academia e líderes de fora do país, como o vice-presidente da Bolívia, Álvaro García Linera, e a jovem presidenta do Senado boliviano, Adriana Salvatierra, de apenas 29 anos. “Vamos trabalhar para o Ceará ter uma boa delegação na reunião nacional de abril”, assegurou Graça Costa, líder da RS no estado.