PL da volta às aulas presenciais na pandemia é retirado da pauta do Senado

30/04/2021 - 12:20

Confetam fortaleceu a pressão para barrar o PL 5.595 por meio de Carta aos Senadores reivindicando a retirada da matéria da pauta da Casa

A pressão funcionou e o Projeto de Lei nº 5.595/20, que pretendia induzir o retorno às aulas presenciais no pior momento da pandemia de Covid-19, acabou sendo retirado, na tarde desta quinta-feira (29), da pauta do Senado. A boa notícia foi comemorada pelo deputado federal Rogério Correia, que na véspera articulou um encontro de representantes de 113 entidades e da Bancada da Educação na Câmara Federal com o presidente do Congresso Nacional, senador Rodrigo Pacheco.

No encontro, que também contou com a presença de Alice Portugal, Israel Batista e Reginaldo Lopes (foto), foi solicitada suspensão da votação do PL 5595. “Esta é uma importante vitória da mobilização dos setores educacionais no país. Trabalhadoras, trabalhadores, professoras, professores e estudantes agora terão espaço para debater de forma mais consistente o retorno presencial seguro à sala de aula”, disse Rogério Correia após conversa com o presidente do Senado.

A Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam/CUT) fortaleceu a pressão pela derrota do PL 5.595 por meio do envio de Carta aos Senadores e Senadoras pedindo a retirada da pauta da Casa do projeto que ameaçava a vida de alunos, professores, pais e de toda a comunidade escolar e universitária.  

O próximo passo é cobrar do senador Rodrigo Pacheco a discussão do retorno às aulas em segurança, com a garantia de vacina não só para os trabalhadores e trabalhadoras da educação, mas para toda a população. 

Com informações do mandato do deputado federal Rogério Correia.