Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Campanha da CUT e centrais é pela vida, democracia, emprego e 'Fora, Bolsonaro'

“Pela Vida, Democracia, Emprego e Renda – Fora, Bolsonaro” é o tema da mobilização

Escrito por: CUT • Publicado em: 27/05/2020 - 11:33 Escrito por: CUT Publicado em: 27/05/2020 - 11:33

Confetam

A CUT, demais centrais sindicais e as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo estão à frente da campanha pelo “Fora, Bolsonaro”, lançada oficialmente na segunda-feira (18) nas redes sociais e nas ruas, onde foram afixados 10 mil cartazes só na cidade de São Paulo. De acordo com os dirigentes, a meta é afixar um milhão de cartazes em todo o Brasil.

Acesse o material da campanha “Pela Vida, Democracia, Emprego e Renda – Fora, Bolsonaro”, no Portal CUT, compartilhe, passe para os seus amigos. Participe desta campanha por um Brasil melhor e para todos.

>> BAIXE AQUI TODOS OS MATERIAIS DA CAMPANHA FORA BOLSONARO

Por que CUT e centrais exigem o “fora, Bolsonaro”

Motivos para pedir a saída do presidente Jair Bolsonaro não faltam, dizem os sindicalistas que falam em desgoverno e citam o agravamento da crise econômica, o desemprego, a falta de projetos de aquecimento da economia e o comportamento do capitão que nega a pandemia do novo coronavírus e despreza o sofrimento das mais de 20 mil famílias que perderam parentes para a Covid-19 com frases como “e eu com isso” ou “não sou coveiro”, quando questionado sobre providências para conter a disseminação do vírus.

Para o presidente da CUT, Sérgio Nobre, apesar das dificuldades de processo de impeachment no Congresso Nacional, o debate sobre a saída de Bolsonaro é importante para alertar a sociedade porque ninguém mais aguenta este desgoverno.

“Estamos preocupados com a crise que está se desenhando a partir desse desgoverno. O povo não merece”, afirmou.

Quem participa da campanha

Participam da campanha, além da CUT, A Força Sindical, a CTB, UGT, CGTB, CSB, CSP Conlutas, Intersindical Instrumento de Luta e Organização da Classe Trabalhadora, Intersindical – Central da Classe Trabalhadora, Pública e as frentes que reúnem centenas de movimentos populares e partidos políticos.

No próximo dia 27, frentes realizam encontro virtual pelo “Fora, Bolsonaro”

As frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo convocaram uma plenária virtual nacional para o dia 27 de maio, às 9h30 da manhã, para debater como construir a campanha de impeachment do presidente Jair Bolsonaro diante do agravamento da crise sanitária, econômica e política. A plenária deve contar com representantes do movimento social de entidades nacionais e com lideranças estaduais.

Os indicados para a plenária deverão preencher o formulário, atendendo os critérios especificados abaixo. O link para a sala virtual da reunião será enviado por e-mail um dia antes da reunião.

Mais informações

Dia: 27 de Maio

Horário: das 9h30 às 12h

Critérios de participação: 2 representantes por entidade nacional; 3 representantes da Frente Brasil Popular por estado; 3 representantes da Frente Povo Sem Medo por estado.

Formulário de participação: https://bit.ly/3g8EANn

(
CUT Brasil, 22/05/2020)

 
Título: Campanha da CUT e centrais é pela vida, democracia, emprego e 'Fora, Bolsonaro', Conteúdo: A CUT, demais centrais sindicais e as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo estão à frente da campanha pelo “Fora, Bolsonaro”, lançada oficialmente na segunda-feira (18) nas redes sociais e nas ruas, onde foram afixados 10 mil cartazes só na cidade de São Paulo. De acordo com os dirigentes, a meta é afixar um milhão de cartazes em todo o Brasil. Acesse o material da campanha “Pela Vida, Democracia, Emprego e Renda – Fora, Bolsonaro”, no Portal CUT, compartilhe, passe para os seus amigos. Participe desta campanha por um Brasil melhor e para todos. >> BAIXE AQUI TODOS OS MATERIAIS DA CAMPANHA FORA BOLSONARO Por que CUT e centrais exigem o “fora, Bolsonaro” Motivos para pedir a saída do presidente Jair Bolsonaro não faltam, dizem os sindicalistas que falam em desgoverno e citam o agravamento da crise econômica, o desemprego, a falta de projetos de aquecimento da economia e o comportamento do capitão que nega a pandemia do novo coronavírus e despreza o sofrimento das mais de 20 mil famílias que perderam parentes para a Covid-19 com frases como “e eu com isso” ou “não sou coveiro”, quando questionado sobre providências para conter a disseminação do vírus. Para o presidente da CUT, Sérgio Nobre, apesar das dificuldades de processo de impeachment no Congresso Nacional, o debate sobre a saída de Bolsonaro é importante para alertar a sociedade porque ninguém mais aguenta este desgoverno. “Estamos preocupados com a crise que está se desenhando a partir desse desgoverno. O povo não merece”, afirmou. Quem participa da campanha Participam da campanha, além da CUT, A Força Sindical, a CTB, UGT, CGTB, CSB, CSP Conlutas, Intersindical Instrumento de Luta e Organização da Classe Trabalhadora, Intersindical – Central da Classe Trabalhadora, Pública e as frentes que reúnem centenas de movimentos populares e partidos políticos. No próximo dia 27, frentes realizam encontro virtual pelo “Fora, Bolsonaro” As frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo convocaram uma plenária virtual nacional para o dia 27 de maio, às 9h30 da manhã, para debater como construir a campanha de impeachment do presidente Jair Bolsonaro diante do agravamento da crise sanitária, econômica e política. A plenária deve contar com representantes do movimento social de entidades nacionais e com lideranças estaduais. Os indicados para a plenária deverão preencher o formulário, atendendo os critérios especificados abaixo. O link para a sala virtual da reunião será enviado por e-mail um dia antes da reunião. Mais informações Dia: 27 de Maio Horário: das 9h30 às 12h Critérios de participação: 2 representantes por entidade nacional; 3 representantes da Frente Brasil Popular por estado; 3 representantes da Frente Povo Sem Medo por estado. Formulário de participação: https://bit.ly/3g8EANn (CUT Brasil, 22/05/2020)  



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.