Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Confetam/CUT promove pré-lançamento da Campanha Salarial 2023

Na noite desta terça (06), a Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam) promoveu o pré-lançamento da Campanha Salarial 2023 dos/as Servidores/as Municipais.

Escrito por: Thiago Marinho • Publicado em: 07/12/2022 - 08:29 • Última modificação: 07/12/2022 - 09:07 Escrito por: Thiago Marinho Publicado em: 07/12/2022 - 08:29 Última modificação: 07/12/2022 - 09:07

Confetam/CUT

Na noite desta terça (06/12), a Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam) promoveu o pré-lançamento da Campanha Salarial 2023 dos/as Servidores/as Municipais, via plataforma Zoom e com transmissão ao vivo pelo YouTube da entidade. O encontro contou com representantes de organizações sindicais e do movimento social que seguem na batalha da classe trabalhadora.

- Clique AQUI e assista o pré-lançamento 

- Baixe os materiais da campanha

A campanha de 2023 tem o slogan: “Valorize quem cuida de você: Reajuste, pisos e carreira já!”. Os servidores e as servidoras são os e as responsáveis por garantir à população os direitos que o Estado tem o dever de prover para que a sociedade funcione e estão diretamente ligados ao desenvolvimento social. Por isso, valorizá-los, com a devolução de direitos usurpados, como os trabalhistas e previdenciários, e com a promoção de melhores condições de trabalho, pisos e reajustes dignos e carreira, é garantir uma sociedade melhor para os e as brasileiros, sem exceção.

“Neste ano escolhemos esse slogan pois é prioridade para nós cuidarmos dos servidores públicos municipais, que tanto fazem nas cidades e em boa parte das vezes não são valorizados. O servidor quer reajuste pois seus salários estão defasados, quer um piso justo e carreira para que ele possa entregar a sociedade um serviço de qualidade”, ressaltou Jucélia Vargas, presidenta da Confetam. 

O Brasil enfrenta uma das maiores crises política, social e econômica da sua história. Nos últimos anos fomos assombrados pelo aumento da inflação, a volta da fome, a destruição das políticas e dos serviços públicos e pela trágica condução da pandemia que vitimou quase 700 mil brasileiros e brasileiras.

Segundo Marilda de Abreu, secretária de Organização da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), os desafios são gigantes nos próximos anos. “Temos o desafio de reconstruir o Brasil e os servidores municipais são peças fundamentais nesse processo”, ressaltou. 

Para o presidente do Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (PROIFES), Nilton Brandão, desde o golpe de 2016 que a luta é árdua, mas não podemos descansar. “Nos últimos seis anos tivemos diversos espaços fechados devido a último governo fascista. Agora com Lula precisamos reiniciar os diálogos em defesa dos nossos trabalhadores e trabalhadoras”, declarou.

Renilson Oliveira, presidente da Federação Nacional dos Servidores e Empregados Públicos Estaduais e do Distrito Federal (FENASEPE), durante o ato virtual, parabenizou a Confetam pelo tema da campanha, “Em nome da Fenasepe quero parabenizar a Confetam pelo tema tão fundamental para os servidores atuais e vai de encontro ao que necessitamos”. 

Já o secretário geral da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef) fez um alerta sobre a luta que teremos que travar diariamente mesmo no Governo Lula. “Elegemos o nosso representante, mas agora precisamos fazer parte de fato desse governo na luta pelos servidores públicos. É importante destacar a necessidade da realização de concursos para ocupação permanente de cargos públicos, além de garantir que cargos comissionados sejam confiados somente a quem atender ao perfil técnico para ocupar esses postos. Não é possível garantir melhorias no setor público com manobras que beneficiem apadrinhados políticos sem qualquer compromisso com o Estado”, ressaltou.

Para a dirigente nacional da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e presidenta do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), Graça Costa, “é hora de esperançar um futuro com mais oportunidades, direitos e democracia para todos e todas nós. Fomos vitoriosos na última eleição. Mesmo com um resultado apertado, necessitamos que a luta siga para que possamos fazer parte das mesas de negociações”, declarou. 

A Campanha é composta por 12 pautas discutidas pelos dirigentes sindicais: defesa do serviço público, reposição da inflação, ganho real de salários, justiça fiscal, defesa da Democracia e dos Direitos, defesa do SUS e SUAS, Concurso Público e Estabilidade, aprovação e implementação das leis que garantam os pisos salariais e as carreiras das diversas categorias que se organizam no serviço público, lutar contra a aprovação da PEC 32 e demais propostas de destruição do serviço público, negociação coletiva, promoção de políticas de igualdade de oportunidades para mulheres, negros e negras, pessoas com deficiência e LGBTQIAP+ e diminuição dos efeitos do PL 173 recuperando o tempo para a carreira. 
 

Título: Confetam/CUT promove pré-lançamento da Campanha Salarial 2023, Conteúdo: Na noite desta terça (06/12), a Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam) promoveu o pré-lançamento da Campanha Salarial 2023 dos/as Servidores/as Municipais, via plataforma Zoom e com transmissão ao vivo pelo YouTube da entidade. O encontro contou com representantes de organizações sindicais e do movimento social que seguem na batalha da classe trabalhadora. - Clique AQUI e assista o pré-lançamento  - Baixe os materiais da campanha A campanha de 2023 tem o slogan: “Valorize quem cuida de você: Reajuste, pisos e carreira já!”. Os servidores e as servidoras são os e as responsáveis por garantir à população os direitos que o Estado tem o dever de prover para que a sociedade funcione e estão diretamente ligados ao desenvolvimento social. Por isso, valorizá-los, com a devolução de direitos usurpados, como os trabalhistas e previdenciários, e com a promoção de melhores condições de trabalho, pisos e reajustes dignos e carreira, é garantir uma sociedade melhor para os e as brasileiros, sem exceção. “Neste ano escolhemos esse slogan pois é prioridade para nós cuidarmos dos servidores públicos municipais, que tanto fazem nas cidades e em boa parte das vezes não são valorizados. O servidor quer reajuste pois seus salários estão defasados, quer um piso justo e carreira para que ele possa entregar a sociedade um serviço de qualidade”, ressaltou Jucélia Vargas, presidenta da Confetam.  O Brasil enfrenta uma das maiores crises política, social e econômica da sua história. Nos últimos anos fomos assombrados pelo aumento da inflação, a volta da fome, a destruição das políticas e dos serviços públicos e pela trágica condução da pandemia que vitimou quase 700 mil brasileiros e brasileiras. Segundo Marilda de Abreu, secretária de Organização da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), os desafios são gigantes nos próximos anos. “Temos o desafio de reconstruir o Brasil e os servidores municipais são peças fundamentais nesse processo”, ressaltou.  Para o presidente do Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (PROIFES), Nilton Brandão, desde o golpe de 2016 que a luta é árdua, mas não podemos descansar. “Nos últimos seis anos tivemos diversos espaços fechados devido a último governo fascista. Agora com Lula precisamos reiniciar os diálogos em defesa dos nossos trabalhadores e trabalhadoras”, declarou. Renilson Oliveira, presidente da Federação Nacional dos Servidores e Empregados Públicos Estaduais e do Distrito Federal (FENASEPE), durante o ato virtual, parabenizou a Confetam pelo tema da campanha, “Em nome da Fenasepe quero parabenizar a Confetam pelo tema tão fundamental para os servidores atuais e vai de encontro ao que necessitamos”.  Já o secretário geral da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef) fez um alerta sobre a luta que teremos que travar diariamente mesmo no Governo Lula. “Elegemos o nosso representante, mas agora precisamos fazer parte de fato desse governo na luta pelos servidores públicos. É importante destacar a necessidade da realização de concursos para ocupação permanente de cargos públicos, além de garantir que cargos comissionados sejam confiados somente a quem atender ao perfil técnico para ocupar esses postos. Não é possível garantir melhorias no setor público com manobras que beneficiem apadrinhados políticos sem qualquer compromisso com o Estado”, ressaltou. Para a dirigente nacional da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e presidenta do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), Graça Costa, “é hora de esperançar um futuro com mais oportunidades, direitos e democracia para todos e todas nós. Fomos vitoriosos na última eleição. Mesmo com um resultado apertado, necessitamos que a luta siga para que possamos fazer parte das mesas de negociações”, declarou.  A Campanha é composta por 12 pautas discutidas pelos dirigentes sindicais: defesa do serviço público, reposição da inflação, ganho real de salários, justiça fiscal, defesa da Democracia e dos Direitos, defesa do SUS e SUAS, Concurso Público e Estabilidade, aprovação e implementação das leis que garantam os pisos salariais e as carreiras das diversas categorias que se organizam no serviço público, lutar contra a aprovação da PEC 32 e demais propostas de destruição do serviço público, negociação coletiva, promoção de políticas de igualdade de oportunidades para mulheres, negros e negras, pessoas com deficiência e LGBTQIAP+ e diminuição dos efeitos do PL 173 recuperando o tempo para a carreira.   



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.