Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Justiça fiscal é tema da Semana Mundial dos Serviços Públicos da ISP

Programação encerra nesta sexta, 23, Dia Mundial dos Serviços Públicos

Escrito por: ISP • Publicado em: 20/06/2017 - 10:24 • Última modificação: 20/06/2017 - 10:46 Escrito por: ISP Publicado em: 20/06/2017 - 10:24 Última modificação: 20/06/2017 - 10:46

. Jocélio Drummond é secretário-geral para Interamérica da ISP

23 de Junho é o Dia Mundial dos Serviços Públicos. Esta data foi estabelecida pela ONU em 2003. Nesse dia, sindicatos, movimentos sociais e ONGs de todo o mundo organizam ações para sensibilizar a todos sobre questões como a necessidade do financiamento dos serviços públicos para o desenvolvimento, para o combate da pobreza e da desigualdade social.

Neste ano de 2017, a Internacional de Serviços Públicos (ISP) escolheu a Justiça Fiscal como tema para as ações do Dia Mundial dos Serviços Públicos.

"Dentro do trabalho que a ISP desenvolve com suas entidades filiadas, e em cooperação com as organizações parceiras que lutam em defesa da Justiça Fiscal, aproveitaremos o dia 23 de junho para unir nossas vozes para defender políticas públicas com trabalho decente; denunciar e exigir que as multinacionais paguem os seus impostos; e exigir que os Estados cumpram o papel de zelar pelo bem comum por meio da arrecadação fiscal justa, sem privilegiar as corporações com isenções fiscais que resultam na falta de recursos, deteriorando os serviços públicos e nossas comunidades", afirma Jocélio Drummond, secretário-geral para Interamérica da ISP.

Para que todos os países tenham voz

Dentro do tema da Justiça Fiscal em nível mundial, uma das frentes de trabalho em que a ISP atua é a ONU. A entidade defende a criação de um mecanismo tributário intergovernamental na ONU, porque hoje em dia o debate está concentrado nos países ricos do G-20 e da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Portanto, a existência do mecanismo intergovernamental na ONU possibilitará que todos os países tenham voz para definir os rumos das políticas tributárias internacionais. 

No marco do Dia Mundial dos Serviços Públicos em 2017, em nível mundial, a ISP está trabalhando conjuntamente com estas organizações parceiras - Action Aid, Confederação Sindical Internacional (CSI) - África, Global Alliance for Tax Justice, e Tax Justice Network África – em diversos países. O Comitê Mundial de Mulheres da ISP também está envolvido em todas as ações do dia 23 de junho, enfatizando a importância dos serviços públicos para a vida das mulheres e de toda a sociedade a partir do enfoque de gênero.

Mobilização mundial

"Por tudo isso, a ISP chama as suas entidades filiadas para somarem suas vozes, neste dia 23 de junho, com ações e mobilizações nos diversos países. As ações do dia 23 de Junho – Dia Mundial dos Serviços Públicos serão importantes para demonstrar amplamente o compromisso dos trabalhadores e trabalhadoras dos serviços públicos com a defesa do bem comum e da justiça social, e para chamar atenção para a importância da Justiça Fiscal para o Financiamento dos Serviços Públicos de Qualidade", convoca o dirigente da ISP.

Título: Justiça fiscal é tema da Semana Mundial dos Serviços Públicos da ISP, Conteúdo: 23 de Junho é o Dia Mundial dos Serviços Públicos. Esta data foi estabelecida pela ONU em 2003. Nesse dia, sindicatos, movimentos sociais e ONGs de todo o mundo organizam ações para sensibilizar a todos sobre questões como a necessidade do financiamento dos serviços públicos para o desenvolvimento, para o combate da pobreza e da desigualdade social. Neste ano de 2017, a Internacional de Serviços Públicos (ISP) escolheu a Justiça Fiscal como tema para as ações do Dia Mundial dos Serviços Públicos. Dentro do trabalho que a ISP desenvolve com suas entidades filiadas, e em cooperação com as organizações parceiras que lutam em defesa da Justiça Fiscal, aproveitaremos o dia 23 de junho para unir nossas vozes para defender políticas públicas com trabalho decente; denunciar e exigir que as multinacionais paguem os seus impostos; e exigir que os Estados cumpram o papel de zelar pelo bem comum por meio da arrecadação fiscal justa, sem privilegiar as corporações com isenções fiscais que resultam na falta de recursos, deteriorando os serviços públicos e nossas comunidades, afirma Jocélio Drummond, secretário-geral para Interamérica da ISP. Para que todos os países tenham voz Dentro do tema da Justiça Fiscal em nível mundial, uma das frentes de trabalho em que a ISP atua é a ONU. A entidade defende a criação de um mecanismo tributário intergovernamental na ONU, porque hoje em dia o debate está concentrado nos países ricos do G-20 e da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Portanto, a existência do mecanismo intergovernamental na ONU possibilitará que todos os países tenham voz para definir os rumos das políticas tributárias internacionais.  No marco do Dia Mundial dos Serviços Públicos em 2017, em nível mundial, a ISP está trabalhando conjuntamente com estas organizações parceiras - Action Aid, Confederação Sindical Internacional (CSI) - África, Global Alliance for Tax Justice, e Tax Justice Network África – em diversos países. O Comitê Mundial de Mulheres da ISP também está envolvido em todas as ações do dia 23 de junho, enfatizando a importância dos serviços públicos para a vida das mulheres e de toda a sociedade a partir do enfoque de gênero. Mobilização mundial Por tudo isso, a ISP chama as suas entidades filiadas para somarem suas vozes, neste dia 23 de junho, com ações e mobilizações nos diversos países. As ações do dia 23 de Junho – Dia Mundial dos Serviços Públicos serão importantes para demonstrar amplamente o compromisso dos trabalhadores e trabalhadoras dos serviços públicos com a defesa do bem comum e da justiça social, e para chamar atenção para a importância da Justiça Fiscal para o Financiamento dos Serviços Públicos de Qualidade, convoca o dirigente da ISP.



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.