Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Lula: Brasil tem hoje o governo mais desmoralizado do planeta terra

Declaração do ex-presidente Lula foi dada nesta segunda-feira (29), em uma live com o governador do Maranhão, Flávio Dino

Escrito por: Brasil 247 • Publicado em: 29/06/2020 - 14:10 • Última modificação: 01/07/2020 - 15:06 Escrito por: Brasil 247 Publicado em: 29/06/2020 - 14:10 Última modificação: 01/07/2020 - 15:06

Reprodução da Internet

O ex-presidente Lula participou de uma live com o governador do Maranhão, Flávio Dino, (PCdoB-MA) nesta segunda-feira (29) e condenou  as ações fracassadas do governo de Jair Bolsonaro. “O Brasil tem hoje o governo mais desmoralizado do planeta terra”, expôs o ex-presidente. 

Ele ainda fez um alerta: “Se Bolsonaro não mudar seu comportamento, vamos chorar a morte de milhares de companheiros até 2022”. 

Lula ressaltou na live os esforço dos governadores no combate à pandemia. “Vocês, governadores, mostraram competência para combater o vírus, mas existe o entrave do governo federal com o envio de recursos e, ao invés de o presidente atendê-los com carinho, fica xingando, avacalhando”, diz ele. 

O ex-presidente também reforçou o papel da mídia livre. “Muita gente está tendo acesso a conteúdos que antes não tinham. Acho que depois dessa pandemia a gente vai poder repensar a organização do mundo. Recuperar o humanismo, a solidariedade, o companheirismo. E a convivência na adversidade”. 

 

 

 
Título: Lula: Brasil tem hoje o governo mais desmoralizado do planeta terra, Conteúdo: O ex-presidente Lula participou de uma live com o governador do Maranhão, Flávio Dino, (PCdoB-MA) nesta segunda-feira (29) e condenou  as ações fracassadas do governo de Jair Bolsonaro. “O Brasil tem hoje o governo mais desmoralizado do planeta terra”, expôs o ex-presidente.  Ele ainda fez um alerta: “Se Bolsonaro não mudar seu comportamento, vamos chorar a morte de milhares de companheiros até 2022”.  Lula ressaltou na live os esforço dos governadores no combate à pandemia. “Vocês, governadores, mostraram competência para combater o vírus, mas existe o entrave do governo federal com o envio de recursos e, ao invés de o presidente atendê-los com carinho, fica xingando, avacalhando”, diz ele.  O ex-presidente também reforçou o papel da mídia livre. “Muita gente está tendo acesso a conteúdos que antes não tinham. Acho que depois dessa pandemia a gente vai poder repensar a organização do mundo. Recuperar o humanismo, a solidariedade, o companheirismo. E a convivência na adversidade”.       



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.