Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Municipais de SJC participam de Assembleia Nacional contra a Reforma da Previdência

Servidores de São José dos Campos engrossaram a Assembleia da Classe Trabalhadora em SP

Escrito por: SINDSERV/SJC • Publicado em: 22/02/2019 - 13:24 • Última modificação: 22/02/2019 - 13:59 Escrito por: SINDSERV/SJC Publicado em: 22/02/2019 - 13:24 Última modificação: 22/02/2019 - 13:59

. .

No Dia Nacional de Luta em Defesa da Previdência e da AposentadoriaOntem, ocorrido no dia 20 de fevereiro, o Sindicato dos Servidores Municipais de São José dos Campos (SINDSERV/SJC) esteve presente, com dirigentes, ativistas e trabalhadores das mais diversas categorias, na Assembleia Nacional da Classe Trabalhadora. Realizada na Praça da Sé, em São Paulo, pela CUT e centrais sindicais,o protesto reuniu cerca de 10 mil manifestantes. 

A proposta do governo Bolsonaro aumenta a idade mínima de aposentadoria para 65 anos aos homens e 62 às mulheres, além de prejudicar pensionistas, viúvas e trabalhadores rurais. Na próxima terça-feira (26), as centrais se reúnem, na sede do Dieese na capital, para avaliar o ato e a proposta do governo, que tramita na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, em Brasília.  

Para Bruno Giordano, diretor do Sindserv e conselheiro no Instituto de Previdência do Servidor Municipal, a reforma vai interferir diretamente na previdência do servidor de São José dos Campos. "Sendo assim, é de extrema importância que a mobilização da categoria aconteça desde já”, convoca o sindicalista.

O Sindserv/SJC está definindo ações no município para mobilizar as bases, esclarecer a sociedade e dialogar com a Administração Pública. As comemorações do 8 de Março, Dia Internacional da Mulher, e do 1º de Maio, Dia do Trabalhador, irão reforçar a luta contra os ataques à aposentadoria.

Título: Municipais de SJC participam de Assembleia Nacional contra a Reforma da Previdência, Conteúdo: No Dia Nacional de Luta em Defesa da Previdência e da AposentadoriaOntem, ocorrido no dia 20 de fevereiro, o Sindicato dos Servidores Municipais de São José dos Campos (SINDSERV/SJC) esteve presente, com dirigentes, ativistas e trabalhadores das mais diversas categorias, na Assembleia Nacional da Classe Trabalhadora. Realizada na Praça da Sé, em São Paulo, pela CUT e centrais sindicais,o protesto reuniu cerca de 10 mil manifestantes.  A proposta do governo Bolsonaro aumenta a idade mínima de aposentadoria para 65 anos aos homens e 62 às mulheres, além de prejudicar pensionistas, viúvas e trabalhadores rurais. Na próxima terça-feira (26), as centrais se reúnem, na sede do Dieese na capital, para avaliar o ato e a proposta do governo, que tramita na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, em Brasília.   Para Bruno Giordano, diretor do Sindserv e conselheiro no Instituto de Previdência do Servidor Municipal, a reforma vai interferir diretamente na previdência do servidor de São José dos Campos. Sendo assim, é de extrema importância que a mobilização da categoria aconteça desde já”, convoca o sindicalista. O Sindserv/SJC está definindo ações no município para mobilizar as bases, esclarecer a sociedade e dialogar com a Administração Pública. As comemorações do 8 de Março, Dia Internacional da Mulher, e do 1º de Maio, Dia do Trabalhador, irão reforçar a luta contra os ataques à aposentadoria.



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.