Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Servidores da Prefeitura de Abelardo Luz aprovam Greve Geral

Nesta segunda (02), Comissão de Greve vai ao gabinete do prefeito tentar negociar.

Escrito por: SITESPM-CHR • Publicado em: 28/02/2020 - 16:27 • Última modificação: 28/02/2020 - 17:09 Escrito por: SITESPM-CHR Publicado em: 28/02/2020 - 16:27 Última modificação: 28/02/2020 - 17:09

. Assembleia da Campanha Salarial 2020 lotou o auditório da Câmara de Vereadores

Abelardo Luz (SC) – Em Assembleia do Sindicato dos Servidores Municipais de Chapecó e Região (SITESPM-CHR) que lotou a Câmara de Vereadores de Abelardo Luz, os servidores da prefeitura aprovaram a realização de Greve Geral. 

Realizada na última quarta-feira (26), a Assembleia aprovou por unanimidade a pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2020 e definiu a data do início da Greve para a próxima terça-feira (03/03).

O protocolo do Comunicado de Greve foi realizado na quinta-feira (27). O documento solicita reunião entre a Comissão de Greve e o prefeito Wilamir Cavassini (PSDB) na segunda-feira (02).

Na data, a Comissão irá até o Gabinete do Prefeito para mais uma tentativa de negociar a pauta de reivindicações da categoria. 

O que os servidores reivindicam?

1 - Para os/as Professores/as, reajuste de 12,84%, conforme Lei do Piso Nacional do Magistério;  
2 - Para os/as demais Servidores/as, pagamento de 100% do percentual do INPC; mais 6% de Aumento Real, e R$ 50,00 no Auxilio Alimentação. (O Auxílio Alimentação não incide no percentual da folha);
3 – Incremento nos vencimentos dos cargos de Vigia, Motorista do transporte escolar, Motorista da Secretaria da Saúde, Auxiliar de Manutenção, Auxiliar Administrativo e Auxiliar de Consultório Dentário.  

Segundo o presidente da Coordenação Municipal, Joarez Wegher, o Governo ignorou essa pauta, efetivando a proposta de pagar para todos/as os/as servidores/as somente o INPC de janeiro, num percentual de 4,30%.

"Importante: não queremos greve, queremos negociar, por isso, no comunicado de greve que protocolamos, solicitamos reunião para segunda-feira dia 02/03, entre Sindicato, Comissão de Greve e o Governo Municipal, para que juntos possamos chegar em um acordo coletivo que seja satisfatório a ambos os lados e assim evitarmos a greve”, afirma a direção do SITESPM-CHR.

Título: Servidores da Prefeitura de Abelardo Luz aprovam Greve Geral, Conteúdo: Abelardo Luz (SC) – Em Assembleia do Sindicato dos Servidores Municipais de Chapecó e Região (SITESPM-CHR) que lotou a Câmara de Vereadores de Abelardo Luz, os servidores da prefeitura aprovaram a realização de Greve Geral.  Realizada na última quarta-feira (26), a Assembleia aprovou por unanimidade a pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2020 e definiu a data do início da Greve para a próxima terça-feira (03/03). O protocolo do Comunicado de Greve foi realizado na quinta-feira (27). O documento solicita reunião entre a Comissão de Greve e o prefeito Wilamir Cavassini (PSDB) na segunda-feira (02). Na data, a Comissão irá até o Gabinete do Prefeito para mais uma tentativa de negociar a pauta de reivindicações da categoria.  O que os servidores reivindicam? 1 - Para os/as Professores/as, reajuste de 12,84%, conforme Lei do Piso Nacional do Magistério;   2 - Para os/as demais Servidores/as, pagamento de 100% do percentual do INPC; mais 6% de Aumento Real, e R$ 50,00 no Auxilio Alimentação. (O Auxílio Alimentação não incide no percentual da folha); 3 – Incremento nos vencimentos dos cargos de Vigia, Motorista do transporte escolar, Motorista da Secretaria da Saúde, Auxiliar de Manutenção, Auxiliar Administrativo e Auxiliar de Consultório Dentário.   Segundo o presidente da Coordenação Municipal, Joarez Wegher, o Governo ignorou essa pauta, efetivando a proposta de pagar para todos/as os/as servidores/as somente o INPC de janeiro, num percentual de 4,30%. Importante: não queremos greve, queremos negociar, por isso, no comunicado de greve que protocolamos, solicitamos reunião para segunda-feira dia 02/03, entre Sindicato, Comissão de Greve e o Governo Municipal, para que juntos possamos chegar em um acordo coletivo que seja satisfatório a ambos os lados e assim evitarmos a greve”, afirma a direção do SITESPM-CHR.



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.