Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Servidores municipais de Pinhalzinho decretam greve

Decisão foi tomada em virtude de o prefeito Fabiano Luz (PT) oferecer 10% de reposição salarial e depois voltar atrás.

Escrito por: SITESPM-CHR • Publicado em: 29/03/2016 - 13:47 • Última modificação: 30/03/2016 - 15:48 Escrito por: SITESPM-CHR Publicado em: 29/03/2016 - 13:47 Última modificação: 30/03/2016 - 15:48

. Proposta de greve foi aprovada em assembleia da categoria

Na noite desta segunda-feira (29/03), a direção do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Chapecó e Região (SITESPM-CHR) realizou Assembleia Geral com os servidores da Prefeitura de Pinhalzinho para discutir a proposta de greve. A categoria, já em estado de greve, deliberou pela deflagração do movimento paredista.

A decisão foi tomada em virtude da intransigência do prefeito Fabiano Luz (PT) na condução nas negociações da Campanha Salarial 2016.

A gota d'água para a paralisação foi o fato de o prefeito ter proposto a reposição de 10%, na folha de pagamento do mês de maio, e, dias depois, voltar atrás na proposta, mantendo o percentual de 7% de reposição salarial oferecido anteriormente.

A concentração dos grevistas iniciará amanhã (30), a partir das 8 horas, em frente a sede da Prefeitura. Na manhã de hoje (29), a presidenta do SITESPM-CHR, Vania Barcellos, entregou o Comunicado de Greve ao prefeito Fabiano Luz.

Título: Servidores municipais de Pinhalzinho decretam greve, Conteúdo: Na noite desta segunda-feira (29/03), a direção do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Chapecó e Região (SITESPM-CHR) realizou Assembleia Geral com os servidores da Prefeitura de Pinhalzinho para discutir a proposta de greve. A categoria, já em estado de greve, deliberou pela deflagração do movimento paredista. A decisão foi tomada em virtude da intransigência do prefeito Fabiano Luz (PT) na condução nas negociações da Campanha Salarial 2016. A gota dágua para a paralisação foi o fato de o prefeito ter proposto a reposição de 10%, na folha de pagamento do mês de maio, e, dias depois, voltar atrás na proposta, mantendo o percentual de 7% de reposição salarial oferecido anteriormente. A concentração dos grevistas iniciará amanhã (30), a partir das 8 horas, em frente a sede da Prefeitura. Na manhã de hoje (29), a presidenta do SITESPM-CHR, Vania Barcellos, entregou o Comunicado de Greve ao prefeito Fabiano Luz.



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.