Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Ministério do Trabalho suspende temporariamente processos de registro sindical

O Ministério do Trabalho e Emprego suspendeu temporariamente, até 4 de outubro, procedimentos de análise e as publicações relativas a processos de registro sindical.

Escrito por: Thiago Marinho • Publicado em: 07/08/2023 - 12:18 • Última modificação: 07/08/2023 - 12:39 Escrito por: Thiago Marinho Publicado em: 07/08/2023 - 12:18 Última modificação: 07/08/2023 - 12:39

Valter Campanato/Agência Brasil

O Ministério do Trabalho e Emprego suspendeu temporariamente, até 4 de outubro, procedimentos de análise e as publicações relativas a processos de registro sindical. A decisão assinada pelo ministro Luiz Marinho consta em portaria publicada na última quinta-feira (3) no Diário Oficial da União (DOU).

De acordo com a portaria, seguem funcionando normalmente os procedimentos e decisões sobre processos com determinação judicial para cumprimento, além de processos de fusão e de incorporação de entidades preexistentes, quando não implicarem em criação ou extensão da representação de novas categorias.

Também não serão afetados pela suspensão:

* Validações das atualizações de dados perenes, nas modalidades de membros dirigentes, localização e filiação, as quais são geradas pelas entidades já dotadas de cadastro ativo no Cadastro Nacional de Entidades Sindicais (CNES);

* Solicitações de atualização sindical (procedimento por meio do qual entidade sindical com registro concedido antes de 18 de abril de 2005 promove o seu recadastramento junto ao CNES).

Título: Ministério do Trabalho suspende temporariamente processos de registro sindical, Conteúdo: O Ministério do Trabalho e Emprego suspendeu temporariamente, até 4 de outubro, procedimentos de análise e as publicações relativas a processos de registro sindical. A decisão assinada pelo ministro Luiz Marinho consta em portaria publicada na última quinta-feira (3) no Diário Oficial da União (DOU). De acordo com a portaria, seguem funcionando normalmente os procedimentos e decisões sobre processos com determinação judicial para cumprimento, além de processos de fusão e de incorporação de entidades preexistentes, quando não implicarem em criação ou extensão da representação de novas categorias. Também não serão afetados pela suspensão: * Validações das atualizações de dados perenes, nas modalidades de membros dirigentes, localização e filiação, as quais são geradas pelas entidades já dotadas de cadastro ativo no Cadastro Nacional de Entidades Sindicais (CNES); * Solicitações de atualização sindical (procedimento por meio do qual entidade sindical com registro concedido antes de 18 de abril de 2005 promove o seu recadastramento junto ao CNES).



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.